Quilombos...Quilombolas

Retornar

 
     
 

As terras do capitão-mór José de Souza Breves recebidas como herança por seu filho o comendador José Joaquim de Souza Breves na freguesia de São João Batista do Arrozal, denominadas de fazenda Cachoeirinha, foram doadas em testamento aos seus escravos libertos. Pouco sobrou da propriedade e as ruínas da casa-grande não existem mais. Hoje, os moradores do local são descendentes dos ex-escravos beneficiados pela doação de José Breves, formam um grupo de jongo e divulgam sua cultura em festas e eventos na região.

 
     
 
 

Quilombos - Fazenda da Cachoeirinha

 
     
   
 

  Declaração do Registro de terras proferidas por José de Souza Breves.

Digo eu José de Souza Breves, abaixo assinado, que sou senhor e possuidor de uma porção de terras nos lugares denominados de Cachoeira e Macuco, ambos pertencentes a esta Freguesia de São João Baptista do Arrozal, cujas terras denominei de Fazenda da Cachoeirinha e do Macuco... Por um lado confrontam-se com Dona Brites Clara de Souza Breves, por dois lados com o Barão do Pirahy, e pelos outros lados com o comendador Joaquim José de Souza Breves... parte por herança dos meus pais, o capitão-mór José de Souza Breves e Dona Maria Pimenta de Almeida; e parte por doação de meus sogro e sogra, os Excelentíssimos Barão do Piraí e Baronesa dos mesmo título, e parte por compras que fez a diversos.

Lei de Terras de 1850 - Lei nº 601 de 18 de setembro de 1850.
 
     
   
  Ruínas da fazenda da Cachoeirinha que pertenceu ao comendador José de Souza Breves.  
     
 

Ex-escravos que receberam terras na fazenda da Cachoeirinha e se estabeleceram com lavouras.

 
     
 

1- Angelo
2- Amaro, Congo
3-Amâncio
4-Agripina
5-Anselmo
6- Agostinho
7- Ambrosina
8- Américo Pires
9- Benvinda
10- Bertoldo
11- Brandina
12- Belizário
13- Bernardino
14- Benvindo
15-Bento
16- Belizário do Turvo
17- Clemente, Cassange
18-Casemiro
19-Caetano
20-Euzino Breves
21- Casemiro Pedro

 

22- Calixto Valério
23- Cândido Pedro
24- Carlota
25- Cornélia
26- Camilo
27- Domingos Teixeira
28- Daniel
29- Domingos
30- Emiliano
31- Elisa Clementina
32- Eugênia
33- Francisco de Paula Brandão
34- Francisco Thomaz
35- Francisco Pernambuco
36- Francelina
37- Félix
38- Firmino
39- Geraldo
40- Hermenegildo
41- Honório
42- Herdeiros de Ana Cardoso

43- Izidoro
44- Izidoro Moreira da Silva
45- Izaías Jorge
46- Izidoro Bertho
47- Joviano Catharino
48- João Menezes
49- Joaquim , Benguela
50- José Amâncio
51- João Thomaz
52- Joaquim Catungue
53- João
54- Joaquim Antonio
55- João Rosa
56- João Domingos
57- Júlio
58- Jacob
59- José Tavares
60- Laurinda Conga
61- Lourenço Antonio
62- Luiza
63- Leonel José
64- Malaquias
 

65- Maria Honório
66- Mizael
67- Maria do Espiríto Santo
68- Querino da Costa
69- Romão de Souza
70- Rodrigo
71- Rogério
72- Simplício Brandão
73- Simplício Carneiro
74- Silvestre
75- Silvério
76- Salomão
77- Sebastião Bento
78- Thomaz da Cunha
79- Tibúrcio
80- Teodora
81-Thimóteo
82- Torquato
83- Virgínia
84- Victória.
 
     
 
 

 
 

Ruínas da casa grande da fazenda

 
 

 
 

Manancial - aqueduto da Cachoeirinha

 
 

 
 

Ruínas da casa grande da fazenda

 
 

 
 

Ruínas da casa grande da fazenda

 
 

 
 

Manancial - aqueduto

 
 

 
 

Ruínas da casa grande da fazenda

 
  Fontes:

(*) Folha 149, VOL. 01, Inventário do comendador José de Souza Breves.

Fotografias: José Maria Campos Lemos.

 
 
     
 

 
 

© 1996/2013 — Todos os direitos reservados: Aloysio Clemente M. I. de J. Breves Beiler
História do Café no Brasil Imperial -
brevescafe.net - Rio de Janeiro, RJ.